watu wote

“Watu Wote” vence prémio de melhor curta metragem

A curta-metragem “Watu Wote”, da realizadora alemã Katja Benrath, venceu o primeiro prémio do Arroios Film Festival. O filme também está nomeado para os Óscares.

A curta-metragem “Watu Wote”, da realizadora alemã Katja Benrath, foi galardoada com o prémio principal do Arroios Film Festival. A distinção foi anunciada esta terça-feira, menos de um mês da cerimónia dos óscares, a 4 de março, onde “Watu Wote” é um dos cinco nomeados para o prémio de melhor curta-metragem.

O filme, com uma duração de 22 minutos, inspira-se na história verídica de uma tentativa de atentado terrorista por parte do grupo al-Shabab contra um autocarro no Quénia, perto da fronteira com a Somália. Aconteceu em dezembro de 2015.

O atentando não chegou a ser consumado porque os muçulmanos a bordo do autocarro recusaram obedecer às ordens dos terroristas, que queriam que eles identificassem os passageiros cristãos.

O al-Shabab é um grupo terrorista islamista com predominância na Somália e que tem feito vários atentados terroristas no Quénia por aquele país vizinho ajudar as autoridades de Mogadíscio no combate àqueles extremistas. Entre os mais mortíferos, conta-se o ataque ao centro comercial Westgate, em Nairobi, onde morreram 67 pessoas; e o tiroteio na Universidade de Garissa, onde morreram 148 pessoas.

Fonte: observador.pt